Prefeitura Municipal de São Miguel do Tapuio - Respeito a nossa gente

Secretaria de Saúde implanta Prontuário Eletrônico do Cidadão

Data de publicação: Terça, 13/06/2017, 09:45h

Font minus   Font plus
Filipe Germano Secretaria de Saúde implanta Prontuário Eletrônico do Cidadão Erasmo, Secretário de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de São Miguel do Tapuio está realizando na manhã desta terça-feira, 13, a implantação do Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC) do Sistema e-SUS Atenção Básica.

O PEC é um software onde todas as informações clínicas e administrativas do paciente ficam armazenadas, no contexto da Unidade Básica de Saúde (UBS), tendo como principal objetivo informatizar o fluxo de atendimento do cidadão realizado pelos profissionais de saúde.

No município o sistema está sendo implantado nas Unidades Básicas de Saúde da Sede do município. Nesta manhã, 13, profissionais passam por uma capacitação realizada por um técnico da Secretaria Estadual de Saúde do Piauí para utilizarem a ferramenta.

De acordo com o secretário da pasta, Erasmo Freire Gomes Neto, os profissionais que atuam na zona rural do município farão o lançamento no sistema diretamente da Secretaria Municipal de Saúde.

O PEC é uma solução gratuita, desenvolvida e disponibilizada pelo Ministério da Saúde, capaz de otimizar o fluxo de atendimento das UBS, além de apoiar o processo de coordenação do cuidado do cidadão realizado pelas Equipes de Atenção Básica.

A plataforma eletrônica facilita o acesso à informação de cada cidadão de forma individual ou coletiva, nela é possível acompanhar o histórico de eventos de saúde, mesmo os realizados através de fichas (Coleta de Dados Simplificada - CDS). O profissional da UBS tem acesso ao sistema por meio de computador ou tablet utilizando um navegador de internet.

Os gestores municipais podem acompanhar as atividades desenvolvidas nas unidades de saúde registradas através do prontuário eletrônico no próprio Sistema e-SUS AB, por meio de relatórios gerenciais, ou ainda, de forma mais consolidada no Sistema de Informação em Saúde para Atenção Básica (SISAB), por meio dos relatórios de saúde, a partir do que foi transmitido à base nacional.


Fonte: Filipe Germano



Mais notícias