Prefeitura Municipal de São Miguel do Tapuio - Respeito a nossa gente

Equipe técnica do Sim visita produtores de Mel na localidade Coqueiro

Equipe repassa orientações que devem ser feitas para obtenção do Selo.

Data de publicação: Quinta, 17/09/2020, 12:30h

Font minus   Font plus
Romário Antunes Equipe técnica do Sim visita produtores de Mel na localidade Coqueiro

Na manhã desta quinta-feria (17), a equipe do Serviço de Inspeção Municipal (S.I.M), vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de São Miguel do Tapuio, realizou visita  a dois produtores de mel na comunidade Coqueiro, zona rural do município. O S.I.M emite certificado de qualidade aos produtores que se adequam às exigências sanitárias vigentes.

De acordo com o Coordenador do Serviço de Inspeção Municipal, Médico Veterinário Miguel Soares, a visita de hoje ocorreu aos produtores de mel Júnior Campelo e Arimatéia Cardoso, do Coqueiro.

“O estabelecimento que visitamos nesta quinta-feira já está cadastrado no Sistema do Serviço de Inspeção Municipal, então essa é a primeira visita ao local e é um dos momentos mais importantes de todo o processo, porque nessa primeira visita verificamos todos os aspectos relacionados à higienização exigida, além de verificarmos a estrutura, condição física do espaço.”, explicou o coordenador.

Segundo o Engenheiro Agrônomo Marco Estevam, o local apresentou 70% dos requisitos, que corresponde a parte de equipamentos e estrutura física.

“O local visitado hoje já conta com uma Mesa Desoperculadora, onde é possível retirar as sujidades, depois o material é colocado na centrífuga e logo após no decantador. Finalizada a decantação, o mel já fica pronto para ser envasado. Esse é o processo.”, explicou o engenheiro.

O produtor Arimatéia Cardoso conta que um dos maiores problemas é a perda dos exames entre os meses de outubro e novembro.

“Aqui é um local muito bom pra se conseguir mel, mas perdemos muitos exames no verão.”, contou o produtor Arimatéia.

O problema relatado pelo produtor pode ser resolvido com algumas ações, conforme orienta Marco Estevam. “Para não ocorrer perda por parte deles {produtores}, recomendamos visitar os apiários de 15 em 15 dias, verificando se há pragas, cuidando da alimentação das abelhas. O mais importante é higiene no processo: cera de boa qualidade, limpar bem a caixa ao trocar a cera. ”, detalhou o engenheiro.

A Casa do Mel tem como função fazer a extração, processamento e o envase do mel. Já o Depósito serve para armazenar o mel já processado ou embalado.

“Quem trabalha com mel precisa manter as propriedades organolépticas do produto: cor, aroma, textura e densidade.”, informou o engenheiro Marco Estevam.

A próxima visita ficou agendada para daqui a 40 dias, que foi o prazo estipulado pelos produtores interessados  em obter o Selo. Adequações sugeridas: cercar a Casa de Mel; Pintar as paredes internas e externas; Limpar o entorno da Casa de Mel e também Rebocar e Pintar (tinta lavável branca) as paredes do Depósito de Mel.

Atendendo às exigências que foram solicitadas, os mesmos obterão o Selo de Inspeção e, assim, poderão vender o produto com maior segurança no município e região.


Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Miguel do Tapuio



Mais notícias