Prefeitura Municipal de São Miguel do Tapuio - Respeito a nossa gente

Em novo pronunciamento, prefeito leva sua mensagem a população.

O prefeito falou ainda do novo decreto que assinou e encaminhou para apreciação e aprovação na câmara de vereadores.

Data de publicação: Quinta, 02/04/2020, 21:19h

Font minus   Font plus
Em novo pronunciamento, prefeito leva sua mensagem a população.

Durante pronunciamento na manhã da última quarta-feira (01/04), o prefeito de São Miguel do Tapuio, Lincoln Matos (PTB), falou sobre a pandemia que estamos a conviver no mundo todo nas últimas semanas. Como médico e gestor, ele levou também a sua mensagem de tranquilidade para a população.

Destacou também as altitudes que teve que tomar para ajudar a conter a pandemia. “Aqui em São Miguel, tomamos as atitudes que depois foram tomadas pelos órgãos oficiais de saúde nas demais localidades. No início de março suspendemos a realização da festa do nosso aniversário do dia 25, logo em seguida, ainda cedo, suspendemos as aulas por 15 dias”, disse.

O prefeito falou ainda do novo decreto que assinou e encaminhou para apreciação e aprovação na câmara de vereadores, declarando estado de calamidade pública no município de São Miguel do Tapuio, em razão da grave crise de saúde pública decorrente da pandemia da Covid-19.

“Estamos aprofundado as medidas que a organização mundial de saúde sugere isso não é cabeça do prefeito, não é cabeça do governador, do presidente, é o que a organização mundial de saúde prescreve, é o que se manda do ponto de vista técnico e é isso que eu me prendo”, disse Lincoln Matos.

Durante o pronunciamento ele disse ainda que com base nesse decreto, definiu mais 15 dias de aulas suspensas. “Se você me perguntar quando voltaremos, não sei, inicialmente são 15 dias, depois vamos ver como evolui o coronavírus e, além disso, é ai, principalmente, onde a comunidade entra”, ressaltou.

O prefeito disse também que aprofundou as aprovações no sentido de proibir a abertura, por exemplo, de restaurantes, de bares, churrascarias, pizzarias, todas as entidades comerciais que as pessoas já conhecem e que estão sendo motivos de aglomeração. “Gente, é fundamental que nos evitemos aglomeração. Aqui em casa eu tenho sempre uma briga constante com os meus filhos, que mesmo a distância, ficam monitorando, ate porque além de outras razoes, eu faço parte do grupo de risco”, salientou.

O prefeito destacou ainda que o grupo de risco hoje não está destinado apenas a aquele que tem 60, 70 anos ou mais. Pois de acordo com confirmação no mundo inteiro o coronavírus esta atacando e matando também noutras faixas etárias. Ele finalizou tranquilizando a população e disse que, o que precisa ser feito, orientado pela organização mundial de saúde está fazendo em São Miguel do Tapuio.



Mais notícias